Imersão Front-End: Aprenda a Programar de graça em 2024

Uma das principais responsabilidades de um backend developer é o desenvolvimento de APIs. As APIs são interfaces que permitem a comunicação entre diferentes partes de um sistema. Elas definem como os dados serão trocados e quais recursos estarão disponíveis para os usuários. Um backend developer precisa criar APIs eficientes e bem documentadas, levando em consideração os requisitos do sistema e as necessidades dos usuários.

back-end

Um ponto importante é que, mesmo que as linguagens sejam diferentes, o raciocínio lógico por trás delas é o mesmo — daí o nome “lógica de programação”. Entender isso é mais importante que se aprofundar em uma ferramenta específica, pois dará a você curso de teste de software uma versatilidade maior para atuar de diferentes formas. Atualmente, também é comum que algumas empresas e startups de diferentes segmentos contratatem desenvolvedores para atuar internamente e fazer a criação e manutenção das suas páginas.

O que é Front End?

A computação em nuvem está se tornando cada vez mais popular, e os programadores https://www.jornaldealagoas.com.br/geral/2024/01/18/22446-curso-de-teste-de-software-drible-a-falta-mao-de-obra-no-mercado-de-trabalho precisam estar preparados para trabalhar com essa tecnologia. Além de trabalhar em projetos profissionais, desenvolva projetos pessoais para aprimorar suas habilidades e demonstrar seu conhecimento. Isso pode ser feito através da criação de um portfólio online ou contribuindo para projetos de código aberto. Como a tecnologia está sempre evoluindo, é fundamental estar sempre atualizado. Dedique tempo para estudar novas linguagens, frameworks e tecnologias relacionadas ao desenvolvimento back-end.

  • Um programador front-end é aquele que cria as interfaces visuais dos sites e aplicativos, usando linguagens como HTML, CSS e JavaScript.
  • Os bancos de dados são aplicações importantíssimas para o funcionamento dos mais variados sistemas que conhecemos hoje.
  • Essas incluem todas as ferramentas, como o Docker e o NGiNX, mencionadas acima.
  • Sua sintaxe é similar ao C/C++, mas o Go também fornece segurança de memória, coleta de lixo e outros recursos que o tornam ótimo para programação backend.
  • Isso significa que vale a pena estudar HTML, CSS e JavaScript, além de contar com o framework Bootstrap para ajudar no dia a dia de trabalho.
  • Conhecer e dominar os principais frameworks relacionados à linguagem escolhida é uma habilidade importante para um programador back-end.

O curso visa capacitar profissionais para lidar com desafios emergenciais e políticas de segurança. No mundo da programação, é muito comum seguir padrões de projeto, que são chamados de Design Patterns. O C#, linguagem desenvolvida pela Microsoft, também dispõe de alguns frameworks interessantes, como é o caso do ASP.NET MVC e NancyFX. Desenvolvedores Java também contam com muitos frameworks disponíveis no mercado, como é o caso do Struts, Hibernate, Spring MVC, Grails, Vaadin e Google Web Toolkit.

O que faz um Desenvolvedor back-end?

A programação funcional utiliza a linguagem declarativa, isso significa que os statements podem ser executados de qualquer ordem. É comumente utilizado no data science e em linguagens populares como SQL, F# e R. O Python pode ser implementado em aplicações back-end, web, análise de dados, aprendizado de máquina e internet das coisas. Além de ser orientada a objetos, ela também permite uma fácil conexão com diversos banco de dados e ainda possibilita a integração com HTML e CSS.

O curso de graduação em Desenvolvimento Back-End é disponibilizado na modalidade de ensino a distância (EaD). O curso apresenta formação de tecnológico (Superior em tecnologia) e duração média entre um e dois anos para a conclusão. Escolher por onde começar pode ser muito difícil para quem está começando na carreira de programador e uma escolha errada pode causar frustração e desistência.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *